11/06/2017

#Resenha 106, O Último Abraço, do autor Vitor Hugor Brandalise.

SINOPSE: 
Em um ensolarado domingo de setembro de 2014, Nelson Irineu Golla, 74 anos, atendendo à súplica da esposa, Neusa, 72, abraça-se a ela com uma bomba de fabricação caseira junto ao peito e acende o pavio. Embora pareça um romance, O último abraço é uma grande reportagem, cujo leitmotiv é o desejo dos protagonistas de morrer. Ela, depois de dois AVCs, definha numa clínica para idosos; ele, inválido de um braço, não suporta mais vê-la implorando com os olhos para que a matem. O caso, que ficara conhecido na Justiça como “um Romeu e Julieta da terceira idade”, é aqui reconstituído por Vitor Hugo Brandalise nos mínimos detalhes.







#Resenha


A história desse livro pode ser interpretada de vários pontos de vista, então fica claro que estou colocando o meu ponto de vista na resenha. 


O livro conta a história de uma casal que viveram juntos por mais de 50 anos, mas após as doenças da velhice os acometerem o desespero tomou conta ao ponto do esposo cometer um homicídio. 

Estou falando de Nelson Irineu Golla (74 anos) e Neusa Maria Golla (72 anos), moradores de São Paulo, viveram uma vida, antes da doença, feliz. Sua esposa foi acometida por dois Acidente Vascular Cerebral (AVC), que a levou a passar seus últimos dias de vida sobre uma cama numa casa de repouso e isto foi o pontapé para toda a história do livro.

Confesso que sou totalmente contra o que Nelson fez com ele e sua esposa, para mim é cruel, não é amor (como muitos consideram). 

O livro não foi escrito por Nelson, e sim pelo jornalista Vitor Hugo Brandalise, que reconstruiu toda a história desse casal que ficou conhecido como "Romeu e Julieta da terceira idade", que chegou a ir para a justiça. O autor relata desde os primeiro momentos do casal, como casamento, nascimentos dos três filhos, conquistas, sonhos e tudo mais, até o momento em que a doença chega para separá-los!

Sem o fim da história, confesso que é um livro muito emocionante e com uma linda história de amor, mas o desfecho que Nelson traçou para a vida de ambos foi cruel e calculista demais. 

Sou completamente contra a Eutanásia (Claro que vão dizer: não é com você o sofrimento, é fácil falar), mas para mim é egoísmo demais e assassinato à sangue frio. 

Para quem deseja conhecer um pouco sobre a Eutanásia aqui no Brasil (Prática proibida), vale a pena ler a história, principalmente para quem é universitário e paga a disciplina de Bioética, possui bons argumentos e embasamentos para discutir tal tema. 

Confesso que não foi uma boa história para mim, mas como eu mencionei no início, é o meu ponto de vista, cada um terá o seu, então leia e permita construir o seu própria argumento diante de toda a história desse casal. 

Até a próxima!
Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

11 comentários:

  1. Oiii Tony tudo bem?
    Com toda certeza eu adoraria ter a oportunidade de ler esse livro, sua resenha ficou ótima e sei que seria um livro um tanto emocionante e tocante, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Gostei de sua resenha. Bem sincera.
    Fiquei bem curiosa com a leitura e por ter minha opinião sobre o final dessa história.
    Dica anotada.

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o plot do livro. Essa história foi até bastante comentada na época, justamente pelas peculiaridades. Não sabia que havia se tornado um livro. Com certeza uma grande dica!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tony
    Já li o livro e tenho a mesma visão que você. Adorei a história de amor do casal e tudo o mais (apesar do machismo tão evidente do Nelson). Mas também sou contra a Eutanásia. Tudo tem sua hora marcada, acho que não temos o direito de decidir isso. Mas cada um tem uma visão. Vale a pena a leitura de qualquer forma. Foi interessante.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  5. Eutanásia é um assunto que não penso porque acho que não preciso te ruma opinião formada sobre isso, mas acho que a leitura acabaria me incomodando a tomar um partido.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tony!
    Eu sou a favor que você cada um sabe o que faz, desde que não machuque outras pessoas. A escolha parte de cada um. A temática é bem polêmica e depois darei uma conferida na leitura. Obrigada pela dica!
    Beijão!
    Blog La Garota
    Blog As Meninas Que Leem Livros

    ResponderExcluir
  7. Olá, como você bem destacou, é um tema polêmico. Creio que nunca tomaria esta decisão - a favor da eutanásia. No entanto, a gente não entende o tamanho do desespero que leva a pessoa a considerar esta a única saída. Não sei se eu leria este livro. Mas obrigada por ter compartilhado a sua experiência para nos fazer refletir sobre o tema. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?! Eu adoro temas polêmicos em livro sabe. Nos faz sair completamente da nossa zona de conforto e refletir não só sobre o que nos é cômodo, mas em como nossas ações podem interferir o não não nas pessoas que nos cercam.
    Adorei o livro e já coloquei na minha lista!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oie! Gostei da sua sinceridade ao expor o seu ponto de vista! Confesso que não gosto de ler livros baseados em fatos reais, gosto do ambiente fantasioso que crio ao imaginar um livro e quando ele é embasado em fatos reais acaba "broxando" um pouco a minha leitura 😬
    Mesmo assim o livro parece ser bem interessante, principalmente por contar sobre uma coisa que não é muito falada aqui no brasil...

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  10. Oii Tony, tudo bem? Gostei da resenha! Não tinha ideia sobre o que se tratava esse livro e agora fiquei bem interessada, pois a Eutanásia no geral é um tema que me traz bastante curiosidade. E nossa, que história difícil! Realmente cada leitor irá interpretar de uma forma. Acho que iria gostar da leitura, então anotei aqui.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ola Tony tema polêmico do livro hein, muitas vezes é preciso acompanhar tudo de perto para se ter uma noção da vida dessas pessoas, eu não concordo com suicídio, pois acredito que ganhamos o dom da vida e não podemos a tirar. Dica anotada pois fiquei curiosa para conhecer a rotina e vida desse casal. abraços

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS